Como você imagina o paraíso? Se é um lugar onde tem sol e calor o ano todo, praias maravilhosas e pessoas felizes, então é possível conhecê-lo. Está certo que o paraíso não é perto. São quase 30 horas de vôo, fora as escalas. Mas quando chegar ao aeroporto de Bali suas energias serão renovadas no mesmo instante. Prepare-se para conhecer as delícias do local.

Banhada pelo Oceano Índico, Bali é uma das 13.667 ilhas da Indonésia, com certeza a mais bela e exótica de todas, com apenas 5.620 quilômetros quadrados (menor do que o Distrito Federal). As diferenças entre ela e as demais começam pela religião. Os balineses são hinduístas e todos os dias pela manhã as mulheres preparam com capricho suas oferendas em pequenos cestos de folhas de palmeiras, onde colocam flores, frutas, arroz e incenso. Enquanto isso, as outras 13.666 ilhas da Indonésia são muçulmanas e as mulheres andam com corpos e rostos cobertos, contrastando com o colorido e exuberância das roupas balinesas.

Em Bali, o hinduísmo está presente em tudo. As oferendas são colocadas estrategicamente nas calçadas, em frente a todas as lojas e casas. Se você não estiver atento, poderá pisar em várias delas. Mas, se isso ocorrer, não se preocupe, pois ninguém ficará bravo. O cheiro de incenso toma conta da ilha – calcula-se que existam cerca de 22 mil templos. Por todos os lados, em todas as ruas, sempre existe um.

Os templos mais famosos são o de Tanah Lot, no meio do oceano (o melhor horário para conhecê-lo é no final da tarde, quando o pôr-do-sol deixa o céu alaranjado); o de Uluwatu, conhecido como “templo dos macacos”; o de Besakih, considerado um dos mais importantes, e o de Ulun Danu, que fica no lago Bratan.

Fonte: Terra Viagens
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *

apagar formulárioEnviar